O que 2015 deixa e o que espero que 2016 traga

2015 foi sem dúvida um ano marcante.

Foi certamente um ano marcante por momentos bons e maus, como todos os anos. Mas 2015 foi recheado de emoções extremas, ou tinha alturas super óptimas e tudo corrida ás mil maravilhas ou de repente estava de pernas para o ar e tudo corria mal. Mas tudo se compôs e espero que o método pessoal de superar situações da vida se mantenha ou melhore.
Este ano alcancei objectivos que achei difíceis e até mesmo impossíveis, mas agora faço a análise deste ano e vejo que com esforço e vontade tudo se consegue, por vezes a espectativa é elevada e não é concretizada a 100%, mas o que interessa é que por muita desilusão que passamos e que o objectivo nao seja realizado como tínhamos imaginado, nem tudo é mau. Conseguimos, tentamos alcançar o que tanto queríamos e se nao conseguimos agora é nunca desistir, é lutar pelo que acreditamos!

Foi certamente uma das lições do ano, a força interior é tremenda e isso não conhecia de mim, aliás sempre considerei uma pessoa fraca no sentido de lutar pelo que queria e não lidava bem com criticas ( confesso que isso ainda está a ser um processo longo). E tentei ao maximo pegar nestes últimos meses o negativismo e as críticas más e as criticas nao construtivas por parte das pessoas e pegar nelas e trabalha-las. O porquê de tudo e questionar-me o porquê de não pegar no que aquele/a disse e vamos entender e refazer mas da forma correcta foi um dos processos que apliquei na minha vida.

Sinto-me talvez numa pessoa menos fraca, que desistia á primeira, que só porque meia dúzia nao gostavam e desistia, só porque quando desistia via a vitoria ganha no olhar das pessoas, que dava de mao beijada tudo o que era coisas só minhas e que nao tinha que dar justificações a ninguém. Hoje vejo que errei, que dei tudo isso a pessoas, pessoas que hoje vejo que dispenso bem essas criaturas na minha vida.

Toda a gente cabe neste mundo, todos precisamos do nosso espaço e a entrada no meu espaço e na minha vida é limitada e pretendo continuar a manter a linha vermelha para evitar deixar entrar pessoas indesejadas por mim.

2015 deixa saudades, da adrenalina, do stress, dos sorrisos, dos projectos, das zangas, das tristezas, de tudo. E o que menos deixa saudades é da Patricia e Cruzeta imatura e negativa que era.

Em 2016 espero que acima de tudo cresça como pessoa, quero me tornar numa pessoa melhor (nao santa) e espero concretizar objectivos pessoais e a pagina e o blog esta intregado num deles.
Desejo que nos primeiros 3 meses do próximo ano a pagina atinja os 3000 gostos e o blog com 500 seguidores.

Não espero que este objectivo seja fácil, sei que tenho um longo caminho, mas nao vou cruzar os braços. Porque hoje sei que posso ser capaz e que o meu gosto por isto nao passou ao longo deste ano.

Quero que 2016 traga união, projectos novos, aventuras, alegrias, amor, que tudo corra nos melhores dos conformes. Nao quero a vida perfeita no ano que vem, mas so posso agradecer a quem ficou aqui comigo desde o inicio, que acreditou em mim e que ajudou por estar assim, realizada.

Sonho, porque sonhar é libertador. É algo que nos faz bem, que nos incentiva!





You May Also Like

7 comentários

  1. Adorei linda! Sabes que sempre que me apercebi que andavas menos bem, lá estive para te dar força e em 2016 podes continuar a contar comigo para que a vida nos corra bem, sem grandes sobressaltos! Um beijo grande e boa sorte para o novo ano que aí vem! <3 Beijo

    ResponderEliminar
  2. minha querida, apesar de disseres que eras pior(fatalista e inocente) e melhoraste, eu gosto de pensar que sempre foste tu e serás com coração de ouro mas que quer mostrar um lado "mau"... Na verdade não somos imutáveis,mudamos todos os dias, eu tb me sinto mudada, mas no meu caso é uma pena, que a partir duma certa idade a gente apodrece em vez de amadurecer...hehheheheheh
    em relação aos objctivos para o blogue e pagina, sabes que ajudarei..
    beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Espero que 2016 te traga tudo aquilo que mais anseias e mereces Bom Ano =)

    ResponderEliminar
  4. Espero que a transformação interior, a que eu chamo crescer ou aprendizagem, (isto sem nenhuma conotação negativa, pois crescemos aprendemos sempre ao longo da vida) se mantenha e melhor, e que os sucessos sejam cada vez maiores e melhores. Beijinhos.

    ResponderEliminar

Cruzeta Feminina agradece o seu comentário!
Obrigada